Pudim de tapioca do Mocotó

A última vez que fui no restaurante Mocotó me apaixonei por uma sobremesa: o pudim de tapioca. O pudim em si já é maravilhoso, mas o que dá o toque especial é o coco queimado que vai por cima. Um dia, fuçando pela internet, qual receita eu acho no site do Mocotó? O pudim! Decidi que a melhor ocasião para testa-lo seria no meu aniversário. O resultado foi o prato sem mais nenhum pedacinho em menos de 20 minutos. Ele fez tanto sucesso que a partir dai, em todos os almoços que vou na casa da minha mãe, ela me pede para levar o pudim!

E ele fica lindo!

Ingredientes:

  • 75g de tapioca granulada
  • 375ml de creme de leite fresco
  • 200ml de leite de coco
  • 100ml de leite
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 ovos
  • 2 gemas

Calda para a forma:

  • 200g de açúcar
  • 80ml de água

Calda de Coco Queimado:

  •     500g de açúcar
  •     150ml de leite coco
  •     100ml de água
  •     03 anis-estrelado
  •     Crocante de coco
  •     500g de coco fresco

Modo de preparo:

Pudim

Em uma panela, coloque primeiro o açúcar. Depois de derretido, adicione a água. Deixe até que vire uma calda homogênea e espalhe na forma do pudim.

Hidrate a tapioca com o creme fresco e o leite de coco por pelo menos duas horas e reserve. Em um recipiente, misture os ovos, as gemas, o leite e o leite condensado. Mexa bem, coe em uma peneira fina e junte à tapioca hidratada. Coloque a mistura na forma caramelizada e asse em banho-maria a 150º por 40 minutos ou até firmar.

Calda de coco

Caramelize o açúcar, depois adicione o anis, a água e o leite de coco. Cozinhe até obter o ponto de fio grosso.

Coco queimado

Espalhe o coco ralado em uma assadeira forrada com silicone ou papel manteiga e asse em forno baixo, mexendo sempre até dourar.

Bolo de fubá com calda de goiabada

Tem dias que parece que só um bolinho de fubá caseiro, com gostinho de receita de vó salva. Este eu acabei de fazer e confesso que salvou meu dia.

Fica perfeito com café ou chá

Ingredientes

  • 1 xícara de chá de farinha de trigo
  • 2 ovos
  • 1 xícara de chá de fubá amarelo
  • 1/2 xícara de chá de óleo de canola
  • 1/2 xícara de chá de leite de coco
  • 1/2 xícara de chá de leite
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 xícara de chá de açúcar
  • cubinhos de goiabada a gosto
  • 2 colheres de sopa de coco ralado
  • 1 colher de chá de erva doce

Modo de preparo

Pré aqueça o forno à 180 graus. Unte uma forma redonda com margarina, salpique farinha e tire o excesso. Bata as claras em neve e reserve as gemas. Em outro recipiente, misture os ingredientes secos. Adicione às claras, as gemas, o leite de coco, o leite e o óleo. Misture. Adicione à massa a mistura seca e a erva doce e bata até obter uma massa homogênea. Coloque na forma e acomode os pedacinhos de goiabada, cada um em um local do bolo. Deixe por cerca de 40 minutos, ou até dourar.

Calda:

Derreta no microondas 100g de goiabada até que ela vire uma calda, bem mole. Jogue por cima do bolo ainda quente.

Mousse de chocolate do Olivier Anquier

Desde que comecei a cozinhar, fiquei viciada em programas de gastronomia. Um dos meus preferido é do chef Olivier Anquier. Ele tem um restaurante em São Paulo, o bistrô L’ Entrecote d’ Olivier, que nunca consegui entrar porque sempre está com uma fila gigantesca. Mas, para compensar, peguei a receita da mousse de chocolate que ele serve no restaurante. Fica uma delícia! Agora só preciso ir ao bistrô confermar se o dele fica melhor.

  • 250g de Chocolate
  • 200g de manteiga
  • 5 claras de ovos
  • 5 gemas de ovo
  • 100g de açucar uma gota de baunilha (opcional)

Modo de preparo

No banho maria, derreta o chocolate e a manteiga enquanto se bate na batedeira as gemas de ovos com áçucar até ficar branco. Quando a manteiga e o chocolate estiverem bem misturados, despeje nas gemas sem parar a batedeira. Deixe bater as claras de ovo em neve até que fiquem bem sólidas. Misture em uma vasilha grande com uma colher de pau a clara na mistura de chocolate com as gemas. Despeje em uma saladeira grande ou em vários potinhos individuais e deixe na geladeira sem colocar filme plastico. Serva bem gelado no minimo 2 horas depois de ter preparado.

Pudim de leite

Como já disse em outros posts, pra mim doce sempre foi um mistério, mas uma mistério fabuloso. Até hoje fico maravilhada ao ver uma clara virando clara em neve só de bate-la por alguns minutos, ou assistir um bolo crescendo com a ação do fermento.

Na minha lista de doces misteriosos estava o pudim de leite. Um dos meus doces favoritos, sempre que via um desses ficava imaginando qual seria o grande segredo que estava por trás da receita. Foi então que tomei coragem e decidi descobrir. Na minha pesquisa pela melhor receita descobri que tem dois tipos de pudim: os furadinhos e aquele que fica bem lisinho. Optei pela primeira opção.

A receita é bem fácil, o difícil mesmo foi esperar o tanto de horas que ele precisa ficar na geladeira até ficar no ponto. A curiosidade para saber se eu tinha acertado era tanta que de tempos em tempos eu ia até espiar para ver como estava o misterioso doce!

No final ele ficou bem gostoso!

Não coloquei muita calda em cima, já que prefiro sentir o gostinho do leite

Ingredientes

Calda

  • 1 xícara (chá) de açúcar

Pudim

  • 1 lata de leite condensado
  • 2 medidas (lata) de leite integral
  • 3 ovos

Modo de Preparo

Calda:

Em uma panela de fundo largo, derreta o açúcar até ficar dourado. Junte meia xícara (chá) de água quente e mexa com uma colher de cabo longo. Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar. Forre com a calda uma forma com furo central (19 cm de diâmetro) e reserve.

Pudim:

Em um liquidificador, bata os ingredientes e despeje na fôrma reservada. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180°C), em banho-maria, por cerca de 1 hora e 30 minutos. Depois de frio, leve para gelar por cerca de 6 horas. Desenforme e sirva a seguir.

Obs – receita tirada do site da Leite Moça

Salame Doce

Sempre achei esse doce curioso e bonito. Não só pela aparência, mas pelo nome também. Antes de ter feito nunca tinha experimentado e adorei o resultado. Sabe o melhor? Demorou 15 minutos para ficar pronto. Essa versão é com chocolate em barra, mas também vi uma receita com brigadeiro. Deve ficar muito boa também. Outra opção é, além da bolacha de maizena, colocar castanhas ou amêndoas.

Bonito e gostoso

Ingredientes

  • 125g de chocolate meio amargo
  • 30g de manteiga
  • 3 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro
  • 10 bolachas maizena trituradas
  • 1 pedaço grande de papel alumínio

Modo de preparo

Derreta o chocolate com a manteiga em banho-maria (só cuidado p/ não queimar).  Tire do fogo, acrescente a bolacha e misture. Deixe esfriar um pouco e enrole no papel alumínio, deixando-o em formato de cilindro. Deixe no freezer até endurecer. Retire o papel e passe no açúcar de confeiteiro. Sirva em fatias.

Sorvete de morango com iogurte

Semana passada foi aniversário de uma amigona minha: a Aninha. Apesar de leonina, nesses momentos ela não gosta de ser o centro das atenções e foge de qualquer tipo de comemoração. Por isso só encontrei ela na véspera do aniversário, já que ela veio jantar aqui em casa. Além de inventar um tartar de salmão (depois coloco a receita aqui), fiz também um docinho. Como estamos de regime aqui em casa, optei por um sorvete light e delicioso. Para completar fiz uma calda.

Ficou lindo, né?

Sorvete

Ingredientes

  •        1 pote de iogurte integral
  •        3 colheres de sopa de mel
  •        ¾ de caixa de morango

Modo de preparo

Congele os morangos e depois, num liquidificador, bata com o iogurte e com o mel. Volte para o freezer e sirva.

Dica – eu fiz com morango, mas deve ficar uma delícia com outras frutas. Da próxima vez vou tentar com manga.

Calda

Ingredientes

  •        ¼ de caixa de morango em cubos
  •        ¼ de xícara de água
  •         adoçante a gosto

Modo de preparo

Leve ao fogo baixo os morangos e a água, deixe ferver. Quando a fruta estiver se desfazendo, bata bem pouco com o hand mixer e adicione o adoçante.

Brownie elogiado

Esse foi o primeiro doce que eu fiz e que realmente deu certo. Outro dia estava vendo um programa de receitas e o cozinheiro disse que doce é mais difícil que salgado porque ele não tem aroma. Eu concordo. Mas esse brownie deu tão certo que meu pai quando experimentou, achou que eu tivesse comprado em uma doçaria.

O melhor é que ele é muito fácil de fazer e agrada a todos os gostos. Dessa vez fiz no aniversário do André, ele adora!

Acabou no dia seguinte...

Ingredientes

  • 250g de chocolate amargo
  • 200g de chocolate ao leite picado
  • 150g de margarina sem sal
  • 120g de açúcar mascavo
  • 150h de farinha de trigo
  • uma pitada de sal
  • 1 colher (chá) de fermento
  • 75g de macadâmia (pode ser castanha do pará ou avelã)

Modo de preparo

Coloque o chocolate meio amargo e a manteiga em uma panela de fundo grosso e leve ao fogo baixo. Depois que a mistura derreter, desligue o fogo, junte o açúcar e misture até ficar homogêneo e passe para uma tigela.

Adicione ao chocolate os ovos e mexa bem. Por cima, aos poucos, peneire a farinha, o sal e o fermento. Mexa bem.

Passe a massa para uma forma untada e asse em forno preaquecido (180 graus). Deixe por 20 minutos. Diferente dos bolos tradicionais, para saber se está pronto, depois de espetar o palito, ele deve sair com a massa grudada nele.

Bolo de cenoura

Vocês vão perceber que doce não é o meu forte. Por gostar muito mais de comer salgados, acabo esquecendo dos doces e faço poucas vezes.
Mesmo assim, não consigo resistir a um bolo quentinho com bastante cobertura de chocolate.

Bolo de cenoura me lembra muito minha avó, ela fazia um que era uma delícia! Esse que fiz ficou gostoso, mas acho que nunca vou comer outro igual ao dela.

Não deixe de colocar bastante calda!

Ingredientes

Para a massa

  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 3 cenouras médias raladas
  • 4 ovos
  • 2 xícaras (chá) de açúcar
  • 2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó

Para a cobertura

  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 3 colheres (sopa) de chocolate em pó ou achocolatado
  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 5 colheres (sopa) de leite

Modo de Preparo
Massa

Bata todos os ingredientes no liquidificador. Comece com a
cenoura, os ovos e o óleo. Depois adicione os outros ingredientes, deixe o
fermento por último. Ele deve ser misturado lentamente com uma colher.
Asse em forno pré-aquecido (180°C) por 40 minutos, ou para saber se a massa está boa, espete um palito. Se a massa grudar nele deixe mais tempo, se ele sair limpinho, pode tirar do forno.

Cobertura

Misture todos os ingredientes, leve ao fogo, faça uma calda
e coloque por cima do bolo.

Dica

Minha avó fazia a cobertura da receita original, mas outra opção que fica muito gostosa também é cobrir o bolo com uma calda de brigadeiro. Não tem muito segredo é só fazer a receita do brigadeiro tradicional, mas com chocolate do padre. Além disso tem que deixar a mistura mais fina para poder espalhar por cima do bolo.