Tartar de salmão com creme azedo

Depois de mais de um ano sem atualizações, o Cumbuca Chique está de volta. Este ano foi de construção e muito aprendizado. Depois de um curso profissionalizante de em gastronomia, agora tenho toda a base que preciso para ensinar a mágica da cozinha.

Agora, além das receitas, o blog e a página também trará dicas úteis e informações das aulas de cozinha que tenho dado em casa

Pensei em começar tudo do zero outra vez, mas no começo do blog fiz algumas das receitas que mais gosto, por isso esta é uma etapa de recomeço.

 Agora deixa de conversa e que tal recomeçar com uma receita especial para o final de semana? Então, aproveite que o frio deu uma trégua e prepare esse tartar de salmão com salada de mini rúcula e creme azedo.

tartar de salmao_volta do cumbuca

Tartar de salmão 

O que você vai precisar: uma faca bem afiada (ela fará bastante diferença para facilitar o corte do peixe)

Ingredientes 

–       200g de salmão

–       2 pedaços de erva doce sem o talo

–       1 xícara (café) de alcaparra picada

–       4 colheres  cheias de sopa de azeite

–       suco de meio limão siciliano

–       flor de sal

Modo de preparo

Pique a erva doce finamente e o salmão em cubos pequenos. Misture-os com a alcaparra também picada, o azeite, o limão, acerte o sal e misture bem.

Creme azedo 

O que você vai precisar: batedeira

Ingredientes

–       1 xícara (chá) de creme de leite fresco

–       ½ limão siciliano

Modo de preparo

Bata os ingredientes em uma batedeira até que ele se transforme em um creme. Cuidado para não deixar por muito tempo senão o creme vira manteiga.

Anúncios

Pescada no forno com tomate e ervas

Sabe aqueles dias que você está com preguiça até de fritar um ovo? Esse peixe é ideal para esses momentos. Além de ser fácil e rápido, ele é bem leve e light.

Ingredientes

  • 4 filés de pescada branca
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 2 tomates italianos cortados e cubinhos
  • 10 folhas de manjericão fresco
  • 1 ramo de alecrim fresco
  • 2 colheres de sopa de salsinha picada
  • 5 azeitonas pretas (de preferência chilenas) cortadas em lascas
  • Pimenta do reino moída na hora e sal à gosto

Modo de preparo

Lave e seque os filés. Tempere-os com sal e pimenta e acomode-os em uma assadeira. Por cima, espalhe o azeite, as ervas, o tomate e a azeitona. Cubra com papel alumínio e leve ao forno médio por cerca de 10 minutos, tire o papel alumínio e deixe por mais 10 minutos.

Cumbuca de volta! Robalo com farofa de pão e ervas

Depois de um bom tempo longe, aqui estou eu de volta e com força total. Passei por um momento complicado, fiquei longe não só do computador como da cozinha também. Estou voltando aos poucos, mas agora com uma ressalva: nada de leite e nem derivados (parte da dieta que exige o medicamento que estou tomando). Confesso que muitas vezes me irrito com a restrição, mas já estou encontrando ingredientes que os substituam.

Para inaugurar a volta ao blog, nada melhor do que uma receita de classe, fácil de fazer e, dependendo, bem barata. Eu fiz com uma posta de robalo que é um peixe mais caro, mas também pode ser com outras variações.

Ficou bonito, não?

Ingredientes:

  •        Posta de 300g de robalo
  •        5 azeitonas pretas picadas em pedaços médios (de preferência use de boa qualidade)
  • 2 tomates picados em cubinhos
  •        2 dentes de alhos picadinhos
  •        1 cebola média picada
  •        5 fatias de pão integral picado
  •        salsinha, cebolinha, orégano e manjericão (todos frescos)
  •        6 colheres de sopa de azeite
  •        ½ limão siciliano
  •        sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Unte com azeite uma assadeira e deposite a posta do robalo. Tempere-o com sal, pimenta, esprema o limão e besunte com azeite. Reserve. Em uma frigideira grande, refogue a cebola com 3 colheres de sopa de azeite. Quando ela esbranquiçar, adicione o alho. Depois de refogados, acrescente o tomate e, em seguida, o pão. Deixe até que ele fique molhadinho e forme uma farofa soltinha, só cuidado para não amassar os pedaços– se precisar, adicione mais azeite. Tempere com sal e pimenta e, por último,  coloque as azeitonas e as ervas.

Pré-aqueça o forno (180 graus) e coloque o peixe. Depois que ele estiver começando a esbranquiçar, coloque a farofa por cima e deixe por cerca de 15 minutos.

Arroz de marisco

Quem disse que frutos do mar só combina com praia? Essa receita é uma dica para almoços especiais, aqueles que você quer surpreender, mas não pode gastar muito (comprei 500g de marisco por R$ 14) e está com preguiça de ficar horas no fogão. Quem deu a ideia foi minha irmã e o namorado, eles fizeram na casa da minha tia na praia (eu acabei inventando e coloquei mais ingredientes…). Eu fiz em São Paulo, mas, mesmo assim, o prato ficou uma delícia!

Fica bonito e muito gostoso!

Ingredientes

  • 1 latinha de extrato de tomate
  • 500g de marisco sem casca
  • 2 tomates em cubinhos
  • 2 xícaras de arroz
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1 tablete de caldo de legumes
  • 1 cebola pequena picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • Sal, pimenta do reino e cebolinha a gosto

Modo de preparo

Refogue a cebola e o alho no azeite. Quando eles estiverem dourados, adicione os mariscos e o tomate em cubo e cozinhe por cerca de 5 minutos. Adicione o extrato de tomate e e o caldo e cozinhe por mais 5 minutos (mexa sempre). Adicione o arroz, o sal, a pimenta, misture, e por fim coloque 3 xícaras de água. Deixe cozinhar em fogo baixo e sirva com a cebolinha por cima quado a água secar. Fica uma delícia com parmesão ralado.

Bobó de camarão

Ju, Ras e eu ansiosos pelo Bobó

Se tem uma coisa que eu gosto de fazer, essa é receber amigos em casa. Esse post é em homenagem a um casal de amigos que vieram uma sexta-feira aqui e eu e o André tivemos que pensar em um menu típico. A Ju é minha amiga de infância, nos conhecemos quando tínhamos 4 anos. Ela passou um tempo na Austrália, onde conheceu o Ras, um dinamarques com quem se casou uma semana antes que eu. Hoje, os dois moram na Dinamarca e esse foi o motivo do cardápio brasileiro.

A receita escolhida foi o Bobó de camarão. Escolha perfeita também para o gringo que não encontra mandioca, muito menos azeite de dendê no mercado dinarmaquês. Os dois adoraram o resultado e deu gosto de ver a cara do Ras experimentando a mistura de camarão, mandioca e azeite de dendê.

Ingredientes

  • 700g de camarão frescos com casca
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 1 cebola média picada
  • 4 talos de coentro picados
  • 4 talos de salsa picada
  • 400g de mandioca descascada e cortada em pedaços
  • 1 vidro de 120ml de leite de coco
  • 2 colheres de sopa de azeite de dendê
  • 2cm de gengibre ralado
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo

Limpe os camarões, reserve as cascas e descarte a tripa. Tempere-os com sal, pimenta do reino, alho e suco de limão e reserve.

Numa panela (se você tiver uma de barro melhor ainda), prepare um caldo de camarão com as cascas, a cebola, ½ talo do coentro, a salsa e 1,5 litro de água. Deixe ferver por 30 minutos e coe. Volte o caldo para a panela e cozinhe nela a mandioca até que ela fique macia. Bata a mandioca no liquidificador com um pouco do caldo até obter um purê liso. Coloque o purê em uma panela, acrescente o leite de coco e o azeite de dendê. Tempere com gengibre, sal e pimenta do reino e deixe cozinhar lentamente.

Em paralelo, em uma frigideira, aqueça o azeite de oliva e salteie os camarões por 3 minutos (não deixe muito tempo senão eles endurecem). Coloque-os dentro do creme de mandioca e acrescente o restante do coentro. Pronto, seu Bobó está pronto para servir!

Para acompanhar, nada melhor do que um bom arroz branco e farofa.

Delícia de prato!

Peixada cearense

Eu e o André passamos a lua-de-mel no Ceará e um dos pratos que mais comemos e gostamos foi a peixada. No hotel que ficamos em Icaraí comemos uma das melhores da viagem. Como ficamos amigos de um dos garçons, aproveitamos para pedir a receita para ele. Foi engraçado porque ele até estranhou, já que o prato era tão comum por lá. Depois eu até entendi um pouco o estranhamento, isso porque a receita é bem fácil de fazer.

Guardei o guardanapo com as coordenadas e decidi cozinhar em uma ocasião especial. Um dia minhas amigas vieram jantar aqui e achei que aquela seria a oportunidade perfeita para testar a receita.

Servi com arroz branco

Ingredientes (receita para 2 pessoas)

  •        3 postas médias de cação
  •        2 ovos cozidos (achei até estranho quando encontrei um ovo no meio do molho, mas fica bem gostoso)
  •        1 vidrinho de leite de coco
  •        ½ pimentão vermelho cortado em tiras finas (sem sementes e sem o miolo branco)
  •        ½ pimentão amarelo cortado em tiras finas (sem sementes e sem o miolo)
  •        1 cebola grande em rodelas
  •        1 colher de sopa de azeite de dendê
  •        2 tomates em fatias (sem semente)
  •       2 batas cozidas cortadas em cubos
  •        2 alhos picados
  •        1 punhado de coentro picado
  •        sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Em uma panela de barro aqueça o azeite de dendê e junte o alho e a cebola. Depois que eles estiverem dourados, acrescente os pimentões e deixe por 5 minutos. Em seguida, adicione o tomate, tampe e deixe cozinhar até que o pimentão amoleça. Depois coloque o leite de coco, o coentro, o sal e a pimenta, mexa por cerca de 5 minutos e adicione as batatas em cubos. Como o peixe cozinha rápido, ele tem que ser o último. Acomode as postas na panela, garantindo que elas fiquem cobertas com o molho. Deixe de 10 a 15 minutos, coloque o ovos interiros e sirva.

 

Bacalhau carioca

Minha tia mora no Rio de Janeiro e sempre que eu ou minha irmã vamos pra lá, o resultado é uma verdadeira orgia gastronômica. Esse mês minha irmã passou uns dias com o namorado e na bagagem trouxeram uma receita sensacional. Tão boa que também entrou para o cardápio das nossas férias.

Antes de tudo, não precisa se assustar porque esse tipo de bacalhau é bem baratinho. Compramos na Zona Cerealista por R$ 16 uns 500g, quantidade que dá tranquilamente para até quatro pessoas.

A paisagem atrás é do meu sítio. Delícia, né?

Ingredientes

  • 1 cebola média em cubinhos
  • 1 dente de alho amassado
  • ½ pote de creme de leite fresco
  • 500g de bacalhau em lascas
  • 3 batatas médias
  • ½ xícara de chá de azeite
  • Um bom punhado de salsinha picada
  • Queijo ralado para gratinar
  • 6 azeitonas pretas cortadas em quatro pedaços (a receita original não vai azeitona, mas fizemos com e ficou uma delícia!)

Modo de preparo

Passe água corrente nas lascas de bacalhau. Depois deixe-o dessalgar em uma panela com água. A quantidade de tempo depende do quanto ele estiver salgado. Quando a água não estiver mais tão salobra, pode tirar. Eu deixei por cerca de 40min, 1 hora.

Descasque e cozinhe as batatas. Depois de prontas amasse-as e reserve. Troque a água do bacalhau  e leve-os em fogo médio, deixando até levantar fervura. Reserve. Em uma panela, refogue a cebola e o alho em ½ xícara de azeite. Depois de dourados, adicione o bacalhau sem a água e deixe cozinhar um pouco por cerca de cinco minutos. Acrescente a batata amassada e vá colocando aos poucos o creme de leite, sem deixar que a mistura vire um molho e sim uma massa homogênea. Por último, adicione a salsinha e a azeitona. Unte uma travessa com um pouco mais de azeite e transfira o peixe para ela, salpique com queijo ralado. Leve ao forno para gratinar e sirva com arroz branco.

Peixe com lascas de amêndoas e Corn-Flakes para impressionar

Essa é uma receita perfeita para impressionar em uma ocasião especial. Fiz em uma tarde de domingo que resolvemos ficar em casa, descansar um pouco e aproveitar o jardim para almoçar lá fora. É uma ótima opção também pra quem gosta que peixe empanado e frito, mas que se preocupa com as calorias a mais. O bom é tentar comprar peixe fresco, fiz com um congelado e o gosto ficou muito forte.

Não esqueça de servir com limão (de preferência galego)

Ingredientes

  • 2 xícaras de corn-flakes (levemente triturado)
  • 1/4 xícara de amêndoas laminadas (fácil de encontrar em qualquer hortifruit)
  • 1 colher de sopa de salsa picada
  • 1/4 xícara de farinha de trigo
  • 3 gemas de ovos
  • 3 colheres de sopa de suco de limão
  • Sal, pimenta-do-reino e gengibre ralado à gosto
  • 500g de filé de peixe

Preparo

Prepare 3 travessas: Na primeira, coloque a farinha de trigo, na segunda misture as gemas, a salsa, gengibre, sal e a pimenta e na terceira o corn-flakes e as amêndoas. Passe o peixe pela farinha, depois pela mistura de gemas e depois pelo corn-flakes, dando uma leve prensada. Aqueça o forno, unte uma forma e disponha os filés empanados. Em média o peixe fica uns 20 minutos no forno, mas para saber se eles estão mesmo prontos, faça um furinho no meio, se estiver “espatifando”, pode servir.

Tem coisa mais gostosa do que almoçar no jardim?

Sugestão

Fica ótimo também se for preparado com filézinhos de frango também.