Risoto de funghi e shitake

Como já disse antes aqui no blog, não tem como não agradar quando o risoto faz parte do menu. Alguns deles não precisam nem de outro acompanhamento, já que por si só são uma refeição inteira. Esse risoto de funghi e shitake secchi fiz em uma noite que umas amigas vieram jantar em casa e eu não queria ficar horas na frente do fogão.

Ele é mais gostoso que bonito...

Ingredientes

  • 1 cebola pequena picada
  • 1 fio de azeite
  • 2 xícaras de arroz arbório
  • 1 xícara de funghi secchi
  • 1 xícara de shitake secchi
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • ½ xícara de queijo ralado
  • 1 colher de chá de cebolinha picada
  • 6 xícaras de chá de caldo de carne (ou dois cubinhos dissolvidos)
  • 1 xícara de vinho branco seco

Modo de fazer

Deixe o funghi e o shitake de molho na água por cerca de 20 minutos. Doure a cebola no azeite, adicione o arroz e frite um pouquinho. Adicione o vinho e deixe até que o arroz absorva o liquido. Misture os cogumelos e deixe-os dourar. Aos poucos vá adicionando o caldo e mexendo, quando ele estiver secando, coloque mais. Repita até que o arroz fique al’ dente. Desligue o fogo, misture o queijo, a cebolinha e o queijo. Sirva quente porque risoto frio fica horrível.

Anúncios

Sopa de mandioquinha

Depois de dar uma trégua, o frio voltou com tudo e em homenagem a ele, nada melhor do que uma sopinha, né? Essa tem um segredinho que faz toda diferença. É perfeita para aqueles dias que não dá vontade de sair debaixo cobertor, já que ela é bem gostosa e muito fácil de fazer.

Ingredientes

  • 4 mandioquinhas médias
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 fio de azeite
  • 2 xícaras de chá de água
  • 3 colheres de queijo cottage (esse é o segredinho!)
  • 2 talos de cebolinha picada
  • pimenta e sal a gosto

  Modo de preparo

Descasque e corte em pedaços a mandioquinha. Em uma panela, refogue no azeite o alho e a cebola. Adicione a mandioquinha e a água. Tempere com o sal e pimenta e deixe até que a mandioquinha fique macia. Acrescente o cottage, a cebolinha e bata no liquidificador.

Sopa de cenoura com tempero diferente

Para decorar dois talos de cebolinha

Tem coisa melhor do que tomar uma sopinha naqueles dias de frio que não dá vontade de nem sair da cama? Essa é da Rita Lobo do livro Panelinha. Parece simples e antes de fazer cheguei a pensar que poderia ficar um pouco estranha. Mas o resultado ficou incrível! Com um sabor delicioso. O melhor da história é que para fazer ela é muito barata e rápida.

 Ingredientes

  • 1 kg de cenoura picada em cubos
  • 1 dente de alho picado 1 cebola picada
  • 3 talos de salsão picado
  • 1 colher (sopa) de gengibre ralado
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 l de caldo de legumes (se for usar cubos, dissolva apenas 2)
  • 3 colheres (chá) de mel
  • 1 folha de louro
  • sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de Preparo

Numa leiteira, leve 1 litro de caldo de legumes ao fogo médio para aquecer. Coloque a manteiga numa panela grande e leve ao fogo médio para derreter. Em seguida, junte os cubos de cenoura, a cebola, o alho, o salsão e o gengibre. Misture bem.
Tempere com sal e pimenta-do-reino, misture e tampe a panela. Deixe cozinhar por 20 minutos, mexendo de vez em quando com uma colher de pau. A seguir, retire a panela do fogo, adicione o caldo quente com cuidado e misture bem. Acrescente o mel, a folha de louro e leve a panela de volta ao fogo baixo. Deixe cozinhar por mais 10 minutos, até que a sopa esteja pronta. Retire a folha de louro com a ajuda de uma colher. Com cuidado, transfira a sopa para um liquidificador e bata até obter uma mistura homogênea. Depois, passe a mistura por uma peneira fina, colocando a sopa de volta na panela. Sirva quente.

Dica

Ela fica mais gostosa ainda se for acompanhada com um pão de 7 cereais quentinho!