Pudim de tapioca do Mocotó

A última vez que fui no restaurante Mocotó me apaixonei por uma sobremesa: o pudim de tapioca. O pudim em si já é maravilhoso, mas o que dá o toque especial é o coco queimado que vai por cima. Um dia, fuçando pela internet, qual receita eu acho no site do Mocotó? O pudim! Decidi que a melhor ocasião para testa-lo seria no meu aniversário. O resultado foi o prato sem mais nenhum pedacinho em menos de 20 minutos. Ele fez tanto sucesso que a partir dai, em todos os almoços que vou na casa da minha mãe, ela me pede para levar o pudim!

E ele fica lindo!

Ingredientes:

  • 75g de tapioca granulada
  • 375ml de creme de leite fresco
  • 200ml de leite de coco
  • 100ml de leite
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 ovos
  • 2 gemas

Calda para a forma:

  • 200g de açúcar
  • 80ml de água

Calda de Coco Queimado:

  •     500g de açúcar
  •     150ml de leite coco
  •     100ml de água
  •     03 anis-estrelado
  •     Crocante de coco
  •     500g de coco fresco

Modo de preparo:

Pudim

Em uma panela, coloque primeiro o açúcar. Depois de derretido, adicione a água. Deixe até que vire uma calda homogênea e espalhe na forma do pudim.

Hidrate a tapioca com o creme fresco e o leite de coco por pelo menos duas horas e reserve. Em um recipiente, misture os ovos, as gemas, o leite e o leite condensado. Mexa bem, coe em uma peneira fina e junte à tapioca hidratada. Coloque a mistura na forma caramelizada e asse em banho-maria a 150º por 40 minutos ou até firmar.

Calda de coco

Caramelize o açúcar, depois adicione o anis, a água e o leite de coco. Cozinhe até obter o ponto de fio grosso.

Coco queimado

Espalhe o coco ralado em uma assadeira forrada com silicone ou papel manteiga e asse em forno baixo, mexendo sempre até dourar.

Pudim de leite

Como já disse em outros posts, pra mim doce sempre foi um mistério, mas uma mistério fabuloso. Até hoje fico maravilhada ao ver uma clara virando clara em neve só de bate-la por alguns minutos, ou assistir um bolo crescendo com a ação do fermento.

Na minha lista de doces misteriosos estava o pudim de leite. Um dos meus doces favoritos, sempre que via um desses ficava imaginando qual seria o grande segredo que estava por trás da receita. Foi então que tomei coragem e decidi descobrir. Na minha pesquisa pela melhor receita descobri que tem dois tipos de pudim: os furadinhos e aquele que fica bem lisinho. Optei pela primeira opção.

A receita é bem fácil, o difícil mesmo foi esperar o tanto de horas que ele precisa ficar na geladeira até ficar no ponto. A curiosidade para saber se eu tinha acertado era tanta que de tempos em tempos eu ia até espiar para ver como estava o misterioso doce!

No final ele ficou bem gostoso!

Não coloquei muita calda em cima, já que prefiro sentir o gostinho do leite

Ingredientes

Calda

  • 1 xícara (chá) de açúcar

Pudim

  • 1 lata de leite condensado
  • 2 medidas (lata) de leite integral
  • 3 ovos

Modo de Preparo

Calda:

Em uma panela de fundo largo, derreta o açúcar até ficar dourado. Junte meia xícara (chá) de água quente e mexa com uma colher de cabo longo. Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar e a calda engrossar. Forre com a calda uma forma com furo central (19 cm de diâmetro) e reserve.

Pudim:

Em um liquidificador, bata os ingredientes e despeje na fôrma reservada. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno médio (180°C), em banho-maria, por cerca de 1 hora e 30 minutos. Depois de frio, leve para gelar por cerca de 6 horas. Desenforme e sirva a seguir.

Obs – receita tirada do site da Leite Moça