Suflê de Chuchu temperadinho

Essa receita é uma ótima opção para quem procura um prato leve, mas saboroso. Minha avó aprendeu na época que fez Vigilantes do Peso e minha mãe seguiu fazendo. Ela tem um tempero surpresa que acaba com a impressão sem graça que o chuchu tem.

É legal servir em cumbucas individuais

Ingredientes

  • 2 chuchus cozidos em água e sal
  • 2 ovos
  • 1 colher de sobremesa de margarina ou manteiga
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • 2 colheres de sopa de queijo ralado
  • 1 colher de café de fermento em pó
  • 1/2 cebola picada
  • 1 colher de chá de noz-moscada ralada (aqui está o segredo)
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Junte todos os ingrediente, menos o fermento, e bata até ficar um creme espesso. Adicione o fermento, misture bem com a colher e coloque em um pirex alto untado com margarina e farinha de trigo. Coloque para assar e quando estiver dourado em volta e por cima estará pronto.

Anúncios

Risoto de funghi e shitake

Como já disse antes aqui no blog, não tem como não agradar quando o risoto faz parte do menu. Alguns deles não precisam nem de outro acompanhamento, já que por si só são uma refeição inteira. Esse risoto de funghi e shitake secchi fiz em uma noite que umas amigas vieram jantar em casa e eu não queria ficar horas na frente do fogão.

Ele é mais gostoso que bonito...

Ingredientes

  • 1 cebola pequena picada
  • 1 fio de azeite
  • 2 xícaras de arroz arbório
  • 1 xícara de funghi secchi
  • 1 xícara de shitake secchi
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • ½ xícara de queijo ralado
  • 1 colher de chá de cebolinha picada
  • 6 xícaras de chá de caldo de carne (ou dois cubinhos dissolvidos)
  • 1 xícara de vinho branco seco

Modo de fazer

Deixe o funghi e o shitake de molho na água por cerca de 20 minutos. Doure a cebola no azeite, adicione o arroz e frite um pouquinho. Adicione o vinho e deixe até que o arroz absorva o liquido. Misture os cogumelos e deixe-os dourar. Aos poucos vá adicionando o caldo e mexendo, quando ele estiver secando, coloque mais. Repita até que o arroz fique al’ dente. Desligue o fogo, misture o queijo, a cebolinha e o queijo. Sirva quente porque risoto frio fica horrível.