Ragù de carne para todas as horas

Essa receita é a minha mais nova paixão. Aprendi em um curso que fiz faz pouco tempo e me apaixonei. O motivo? Ela vira diversos pratos e pode ser congelada sem problemas. A professora deu a dica de fazer uma porção grande e congelar separadamente, assim, naqueles dias corridos, é só descongelar parte da receita. Outra dica: pode ser feita com carne de cordeiro, colchão mole ou alcatra. Eu fiz com a última das opções, mas da próxima vez pretendo fazer com cordeiro. Para terminar, a última dica. Este ragù pode ser servido por cima de um risoto básico, com purê de batatas ou até como molho de uma massa. Só não esqueça de reservar um tempinho para fazê-lo, já que o segredo é o longo tempo que ele fica cozinhando.

Este foi feito para um risoto

Ingredientes

  • 500g de alcatra cortada em cubos grandes (maior do que o corte do strogonoff)
  • 1 cebola médica picada
  • 4 talos de salsão cortado em pedaços de 3 cm
  • 3 cenouras pequenas cortadas em rodelas
  • 2 colheres de sopa de salsinha picada
  • 1 xícara de chá de vinho tinto (na aula ela ensinou com branco, mas preferi com tinto, vai do paladar de quem está cozinhando)
  • 4 tomates italianos pelados
  • 2 colheres de sopa de bacon em cubos
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • Sal e pimenta do reino moída na hora à gosto

Modo de preparo

Tempere e carne com sal e, em uma panela com fundo grosso, sele-a. Reserve em outro recipiente. Na mesma panela, adicione o bacon, a cebola, o salsão, a cenoura e a salsa. Deixe-os suar. Adicione a carne e o vinho. Deixe cozinhar até que o vinho evapore quase que por inteiro. Acrescente o tomate picado grosseiramente (não deixe de colocar o suco que vem na latinha). Deixe cozinhar lentamente e, sempre que precisar, adicione água, mantendo-a abundante. Após aproximadamente uma hora, retire a carne e corte-a em pedaços bem finos. Devolva ao molho e deixe por mais cerca de 15 minutos.

Anúncios

AK/Vila na SPRW

Se tem um evento gastronômico que eu sempre aproveito, este é a SPRW (São Paulo Restaurant Week). Acho muito legal, já que são lugares que oferecem o melhor do seu menu a um preço bem acessível. Confesso que das primeiras vezes que fui me decepcionei com o tamanho e qualidade do prato, mas com o passar do tempo a semana da gastronomia começou a ganhar cada vez mais relevância e os restaurantes que tentam ser “espertinhos” no final são severamente criticados pela mídia.

Essa edição da SPRW decidimos ir em uma restaurante que tenho vontade faz bastante tempo: o AK/Vila, da chef Andrea Kaufmann. Por um bom tempo ela comandou o AK Delicatessen que ficava em Higienópolis e tinha fortes tendências da culinária judaica. Repaginado e em outro endereço, o AK/Vila fica na Vila Madalena e é um restaurante que agrada em todos os sentidos. O ambiente já ganha muitos pontos já que é moderno e descolado, mas sem deixar o sofisticado de lado. Mas como o mais importante é a comida, essa merece um capítulo a parte.

O ambiente já é maravilhoso (amei as luminárias)  Como as opções do menu do SPRW eram tentadoras, decidimos que iriamos pedir tudo! \o/

A entrada experimentamos um delicioso croquete de pato com uma geleia de pimenta e uma berinjela chamuscadas com tahine e tomates temperados (se não fosse o agridoce do molho, essa entrada lembraria bastante um babaganuch). O prato principal foi um spaguettini com pesto

A beringela que pedimos de entrada

de manjericão e cabeça de lulas provençais e um ragú de linguiça picante, com polenta rústica e salada de ervas frescas. Aparentemente os pratos são tradicion

ais, mas o tempero que a chef usa faz toda a diferença. Desde a entrada até os pratos, senti sabores únicos, que não conseguia distinguir o que era.

Para terminar, duas opções de sobremesa. Eu escolhi a taça merengue de morangos e calda de Mirtillo e o André a torta mousse de chocolate, Praliné de nozes e caramelo salgado (mas ele pediu sem as nozes). A sobremesa foi a única parte do menu que escolhemos uma preferida. Tanto eu quanto o André gostamos mais do merengue. Não que a torta não estivesse boa, mas ela era um pouco mais pesada.

Gostamos tanto da comida que já estamos pensando um dia sem menu SPRW para voltar e experimentar os pratos tradicionais da casa.

Ah, é sempre bom lembrar o valor do menu da SPRF. O AK só serve o menu especial durante o almoço, mas outros restaurantes servem à noite também.

Serviço:

AK/Vila

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 1240

Telefone: 3231-4497

SPRW

R$ 31,90, no almoço, e R$ 43,90, no jantar (bebidas, serviço e couvert não inclusos).

Site oficial para conhecer os outro locais participantes: http://www.restaurantweek.com.br/